domingo, 3 de agosto de 2014

Incertezas e lamentos

Pra onde foi aquele garoto que prometia mudar o mundo?
Aquele garoto que acreditava em um poder maior
Acreditava que um dia ele poderia ser e não ser
Sempre andava no caminho certo, hoje prefere o caminho proibido
Pra onde foi aquele garoto alegre?
Felicidade já não há, somente um estado vazio, monótono.
Por quê escreve? por quê ama? Por quê existe?
As lágrimas escorrem, seu peito salta,  e a mão treme,
 E inúmeras palavras aparecem como magica,
Mas não se sente satisfeito, 
Ser alguém é o que deseja,
Sente-se vazio, e vazio está
Não encontra o que deveras o completará
Tudo parece inalcançado, inatingível, impossível. 
Muitos o perguntam "como é?",
Estes não querem saber, nao querem entender, apenas falam.
Outros escutam, dizem, escrevem, desenham, sentem
Esses também estão procurando o garoto ou garota dentro de si
Sentem-se vazios, sozinhos, nus.
Procuram uma forma de se completar,
De não sentirem-se controlados e amaldiçoados.

~Tiago da Silva Santos

Nenhum comentário:

Postar um comentário